3 dicas sobre gestão financeira para clínica médica

Adote estratégias como profissional de saúde que mantenham a saúde da gestão financeira de sua clínica

Júlia Bernardi

Jornalista, especialista em cultura digital e redes sociais
Coordenadora de Marketing da GestãoDS
Júlia Bernardi

Se você deseja fazer a gestão financeira de sua clínica é preciso ficar atento a alguns fatores importantes. Geralmente médicos e profissionais da saúde não tem muitas disciplinas na Universidade voltadas para a área de gestão e finanças. Sendo assim, esses tópicos são essenciais para pensar em futuros investimentos ou na organização saudável da gestão financeira.

Esse processo pode parecer complicado, mas com dicas práticas sobre fluxo de caixa, custos fixos e variáveis, retorno sobre investimento (ROI) fica muito mais fácil entender os pontos que podem ser evoluídos. Portanto, lembre-se que sua equipe deve estar conectada para essas mudanças, sempre atenta aos objetivos e estratégias da clínica.

Caso você tenha interesse neste tópico, temos um material para você! Nós já produzimos um e-book repleto de conteúdo para você manter a gestão financeira organizada. Para ter acesso, basta clicar no banner abaixo:

ebook gratuito gestao financeira

No entanto, separamos 3 dicas essenciais nesse artigo. Com elas, você conseguirá perceber em quais momentos está errando e de que forma você pode fazer alterações rápidas e práticas na sua rotina diária.

Boa leitura!

1. Elabore um planejamento

O primeiro passo é elaborar um planejamento financeiro. Para isso, é muito importante mapear quais são seus objetivos futuros e como você está atuando para chegar neles. Além disso, é importante entender o que significa esta gestão financeira que tanto falamos.

Em poucas palavras, significa os processos que percorrem o planejamento do controle das finanças. A partir dele, é possível monitorar as entradas e saídas, com foco nos lucros e investimentos. Viu, como é simples?

Na prática, basta você reunir-se com sua equipe em momentos mensais ou trimestrais e avaliar os objetivos envolvendo a questão financeira. Caso esse seja um objetivo pessoal, é preciso que esse controle esteja organizado por você, profissional de saúde. Basta, nesse caso, separar seus ganhos e lucros que, provavelmente, já deve ter elaborado em sua clínica.

2. Tenha controle sobre os custos fixos e variáveis

Outro ponto que deve ser levado em consideração é o controle sobre os custos fixos e variáveis. Tendo isso em mente ficará muito mais fácil entender se a gestão financeira da clínica está saudável. O nome basicamente já resume os conceitos, mas vamos explicar melhor a seguir.

O custo fixo é aquilo que você tem que pagar todos os meses, mesmo que não haja pacientes na clínica. Nele incluem-se, por exemplo: aluguel, luz, água, telefone, internet, e até mesmo o gasto com a equipe. Já, o custo variável só ocorre em decorrência de outras atividades. Nesse caso, para realizar um procedimento você necessitou de um produto que deverá ser adquirido somente quando utilizá-lo.

Ter o controle sobre isso fará com que, primeiro, você separe os custos pessoais dos da clínica. E num segundo momento, entenda melhor quais são os cortes que podem ser feitos e onde você precisa investir mais. Tudo isso tem relação direta com uma gestão de sucesso, que vai muito além do que ter dinheiro em caixa.

3. Use um software de gestão completo

A última dica para manter a gestão financeira saudável é utilizar um software de gestão completo na clínica. É nele que você e sua equipe poderão preencher e organizar todas as informações referentes a custos da clínica. Dessa forma, é possível ter um histórico de tudo que está sendo feito.

Optar pela utilização de um sistema que una a parte de gestão, prontuário eletrônico e controle financeiro em um só lugar garante a unificação dos processos. Assim, o controle financeiro é muito mais correto.

Viu como é fácil organizar agora mesmo sua gestão financeira? Não perca tempo e comece pelo último passo para chegar rapidamente aos passos 1 e 2. Clique no banner abaixo e marque uma demonstração gratuita para conhecer como a GestãoDS pode ajudar você:

demonstração gratuita para melhorar gestão financeira clínica

Gostou do nosso conteúdo? Então, entre em contato conosco através das nossas redes sociais!

Site GestãoDS
Facebook
Instagram
LinkedIn
YouTube

Júlia Bernardi

Jornalista, especialista em cultura digital e redes sociais Coordenadora de Marketing da GestãoDS

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *